quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Desespero


Eu tenho fases, como a Lua. Fases boas, fases más, fases de saudade, fases de desespero... Desespero. O lápis do desespero escreve na minha alma mais e mais a cada dia que passa. 3 meses passaram. A minha alma está cheia. Então o lápis do desespero começou a escrever no meu coração. Ele escreve com tanta força que mesmo que eu apague as marcas não desaparecem. E se o coração é o músculo mais forte do nosso corpo, como é que é tão fácil parti-lo?

Fernanda. É o nome da minha borracha especial. É a úncia que vai conseguir eliminar as marcas do meu coração e da minha alma, e em vez delas, deixar memórias e boas recordações. Para isso, tenho de aguentar o lápis até Janeiro. 4 meses. 4 longos meses que mais parecem anos. Mas sei que no fim tudo vai valer a pena.


Soul Sisters <3

5 comentários:

  1. Oh meu amor...Não sou isso tudo, mas se é assim que você se sente. Prometo que o tempo vai passar tão rápido quanto os intervalos das minhas lágrimas de saudade.
    Eu te amo, viu?

    ResponderEliminar